sexta-feira, 22 de junho de 2007

Da Lama ao caos (ficção ociosa pós-moderna e neo-acadêmica)

Ela o viu primeiramente, mas disfarçou.
Ele a viu logo em seguida:

- Hei! Você? O que está fazendo aqui? ; Com tom de desprezo.
- No momento, parada, sozinha e infelizmente olhando pra sua cara... ; Com tom de impaciente desdém.
- Nossa! Jura?
- Não. Não preciso jurar.
- Sua resposta foi idiota.
- Culpe sua pergunta e não a mim.

Silêncio inquietante entre os dois, embora cercados por conversas e risadas paralelas:

- Tenho mesmo que ouvir essas ironias de sempre?
- Nem sempre sou irônico. Senta aqui com a gente?! seria um prazer...
- Verdade. Você é em muitas ocasiões direto, sincero; sinceramente um idiota! Sento não. Obrigada.
- Por nada. E idiota é quem faz idiotices.
- Conclusão genial, Forrest Gump. Embora pouco original. E por nada mesmo. Agradeci por hábito e não por lisonja.
- Só estou te provocando...
- Provocando náuseas!

A atenção de algumas pessoas, curiosas, se volta para o diálogo.
Ela continua de pé esperando uma mesa enquanto ele a observa:

- E por que é que você está toda tampada, aí, com essa roupa? Ficou mais gorda ainda.
- Estou com frio, posso? E emagreço quando quiser, se quiser...
- Sentir frio? Pode. Eu deixo. Você toda tampada está parecendo uma crente.
- Não perguntei se posso sentir frio, bobinho, mas me aquecer. E não me importo em estar parecida com uma crente, até porque eu sou.
- Crente da bunda quente.
- Bunda quente é você que é doido para ser gay e não tem coragem de assumir.

Entre os amigos dele, testas se franzem e olhares se cruzam com horror:

- Acabou?
- Espero que sim.
- Então, ótimo! Garçom, a conta! ; Grita ele.

Ela sorri pelo fim do diálogo e pela mesa, ao lado da dele, acabar de ter sido desocupada:

- Garçom, me vê o cardápio?! Porque odeio o Kieber da mesa ao lado.




(21/06/2007)

5 comentários:

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Leandro Bastos disse...

hahaha! essas estudantes de letras vou te falar viu. melhor que roteiro de novela Lis. Volta lá no meu mesmo. Beijo! E boas férias.

CresceNet disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Dom disse...

este texto ficou perfeito ... o diálogo é ótimo ... tem ritmo até

acho que quando terminei de ler já estava com a cara quase grudada no monitor ... de tão ansioso para chegar na próxima resposta ... =p

muito bom !

GAB disse...

EESSE VAI PARA O AGENDAAAA